quinta-feira, 20 de agosto de 2009

Tradição, Axé e Políticas Públicas de Saúde

Mesa de Abertura
José marmo, Coordenador Geral e Secretario Executivo da Rede dirigiu a Mesa de Abertura .

Mesa da Tradição

A abertura do Seminário contou com as presenças de Mãe Stela de Óxóssi, Pai Ninô, Pai Zezito da Oxum, Mãe Beata de Iemanjá, Mãe Meninazinha da Oxum, Ekédi Cinha, Makota Valdina, Mãe Railda da Oxum, Mãe Edelzuita, Bambala entre outras presenças importantes na Tradição e preservação da Tradição.
Mãe Stela e Pai Ninô.

Um comentário:

Luiz L. Marins disse...

Penso ser muito positivo este trabalho sobre saúde pública e religiões afrobrasileiras.

Neste parecer, uma questão mais do que séria é a HANSENIASE, transmitida por vias aéreas no contato prolongado.

Devido a isso, lembro que as iniciações nas religiões afrobrasileiras facilitam este contato, tornando o assunto muito sério.

Mãe Stella, como enfermeira aposentada, saberá explicar melhor do que eu.

Assim, na intenção de ajudar e esclarecer o povo de santo, criamos um site com informações mais do que necessárias sobre o assunto.

Convido-os a visitarem:
http://www.hanseniase.rg3.net/